25 de Abril celebrado de forma diferente em Lagoa e Carvoeiro



25 de Abril celebrado de forma diferente em Lagoa e Carvoeiro


O 25 de Abril foi celebrado de forma diferente em Lagoa e Carvoeiro. Pelas 10 horas da manhã deste sábado, a população da sede do concelho foi surpreendida pela interpretação, por parte da fadista local Luana Velásquez, do hino nacional.

Entoada a partir do largo do Auditório Municipal Carlos do Carmo, pôde ser ouvida em, praticamente, toda a cidade, graças ao sistema de som montado em locais estratégicos, como o pavilhão municipal Jacinto Correia, Jardim 5 de Outubro, o quartel dos Bombeiros Voluntários de Lagoa, a Escola de Artes e a Escola Secundária de Lagoa. Para além do hino nacional, também foi cantado o fado “Meu Portugal, Meu Amor”.

Uma hora mais tarde, Luana Velásquez repetiu a interpretação, agora na Praia do Carvoeiro, a qual foi escutada através de meios de som instalados na estrada do Farol, na rua do Barranco e na rua dos Pescadores, contado com muitos habitantes nas varandas.

Esta foi uma iniciativa conjunta da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, Câmara Municipal de Lagoa, Assembleia Municipal de Lagoa e das outras Juntas de Freguesia do concelho.

A interpretação também pôde ser seguida na página online do Município de Lagoa, através da Rádio Lagoa e dos sistemas de som instalados, um pouco por todo o concelho e em alguns carros som que circulam, por esta altura, no âmbito da campanha de prevenção e combate ao Covid-19.

O presidente da União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro, Joaquim João Paulo, diz que se tratou de “uma forma simbólica, mas muito relevante, de celebrarmos, dentro dos condicionalismos atuais, uma das datas mais importantes da nossa história”.