Comemorações do 46º Aniversário do 25 de Abril de 1974



Mensagem do Presidente, Joaquim João


Atravessamos um período de contenção e de emergência social, que importa que seja, também, um período de reflexão sobre da forma como nos posicionamos face às adversidades e de reflexão sobre das consequências que as nossas ações trazem para as nossas vidas.

Hoje, preparamo-nos para assinalar um dos acontecimentos mais relevantes, únicos e mais importantes da história portuguesa e que são hinos à democracia e à transformação da nossa sociedade.

Este acontecimento fez-nos alterar a forma como encaramos e vivemos a política, que tem vindo a ser, cada vez mais, uma realidade atenta às necessidades e à raiz social envolvente.

Atualmente, vivemos um momento, igualmente, histórico cujas necessidades, exigem respostas diferenciadas, rápidas e adequadas.

Assim, as freguesias, devem continuar a ser o primeiro parceiro no desenvolvimento equilibrado e harmonioso do nosso concelho, assumindo, tal como aconteceu após a revolução de abril, manter todas as formas possíveis de apoio e colaboração que permitem atingir o seu propósito, o de servir a sua população.

Nesta comemoração da revolução dos cravos, queremos sublinhar a importância do poder local no desenvolvimento da nossa terra e na satisfação das nossas gentes.

Vivendo num tempo em que é imperativo, mais do que nunca, zelar pelas nossas pessoas, reforçando a vontade, o querer, a garra de continuarmos a contribuir, com esforço e dedicação, para a causa da democracia e todas as conquistas que o 25 de abril nos trouxe.

Um bem hajam e o nosso muito obrigado a todos!
Viva ao 25 de abril!
Viva à União das Freguesias de Lagoa e Carvoeiro.
Viva a Portugal!